Com mais de 200 obras para inaugurar até dezembro, RC dá pista de que vai ficar no governo

A Paraíba aguarda com expectativa a chegada do 7 de abril, quando o governador Ricardo Coutinho (PSB), anuncia a decisão de permanecer no governo, ou renunciar ao cargo para disputar uma vaga no Senado Federal. Em passagem por Campina Grande, nesta sexta-feira (23), Ricardo deu pistas de que vai cumprir o mandato integralmente. 

Ao conceder entrevista na Rádio Campina FM, ele afirmou que o governo do Estado tem mais de 200 obras em andamento na Paraíba para ser inauguradas até dezembro deste ano. RC enfatizou que pretende entregar pessoalmente essas obras, que segundo ele, são estruturantes  e altos investimentos. Os valores de cada uma dessas obras, segundo o gestor, ultrapassagem a cifra dos R$ 500 milhões.

 

RC disse que não é todo governo que chega no oitavo ano da gestão com volume tão elevado de obras espalhadas por todo o Estado. Ao deixar claro que pretende inaugurar essas obras,  Ricardo deu pistas de que permanecerá no governo, e não abrirá a vez para a vice governadora Lígia Feliciano assumir o comando político e administrativo do Palácio da Redenção.

 

Diante do prazo final de desincompatibilização de cargos, que será até o dia 7 de abril, o governador Ricardo Coutinho  falou de forma mais clara,  desta vez na Rádio Caturité AM sobre a possibilidade de deixar o governo do Estado e disputar um cargo eletivo nas eleições deste ano.

– Eu gostaria muito de permanecer, esse é meu desejo. Agora, eu sou militante e não existe a menor condição de olhar para a Paraíba daqui alguns meses e não vê-la pagando todas as coisas em dia. Essa coisa está fora do meu radar – disse Coutinho.

Severino Lopes

PB Agora

Comentários