Acusado de ter matado Neto do Gelo é preso em ação da polícia e encaminhado para o Romero Nóbrega

Uma ação da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes e do Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Patos em trabalho integrado com o Núcleo reservado da Polícia Militar (P2), deu voz de prisão, na manhã deste domingo, (11),  a José Gilvan Pereira dos Santos, 39 anos, conhecido por “NEGO GIL”, suspeito de crime de homicídio. A prisão aconteceu na granja do suspeito, localizada no bairro do Belo Horizonte.

De acordo com informações da polícia, em desfavor de GILVAN havia um Mandado de Prisão Temporária expedido pela 1º vara da Comarca de Patos, em virtude de ser suspeito na participação no homicídio do popular “NETO DO GELO”, crime ocorrido no ano passado.

Com isso, GILVAN será encaminhado para o Presídio Romero Nóbrega, onde ficará a disposição da justiça.

 

Sertão Total com assessoria GHE/GTE

Comentários