Desembargadora do TJ/PB determina imediata devolução dos salários dos servidores em greve do Município de Patos

Em pedido feito ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ/PB), pela assessoria jurídica do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP), para que fossem devolvidos os vencimentos salariais descontados dos servidores pela Prefeitura Municipal de Patos, a desembargadora Dra. Maria das Graças Morais Guedes determinou a imediata devolução dos valores aos trabalhadores.

A Prefeitura Municipal de Patos fez o desconto nos salários dos grevistas e causou revolta entre estes. Com o corte do ponto dos grevistas alguns servidores passaram por dificuldades e muitos deles precisaram da solidariedade dos colegas para suprir as necessidades mais elementares, como comida e contas do dia a dia.

O advogado Dr. Damião Guimarães, falando em nome da assessoria jurídica do SINFEMP, disse que se fez justiça mais uma vez. “Fizemos o pedido ao TJ/PB na quarta-feira para que fossem devolvidos os vencimentos descontados de forma indevida dos servidores. Hoje (sexta-feira), a desembargadora deferiu o pedido determinando a devolução imediata por ser verba de caráter alimentar”, relatou Damião.

Essa já é a terceira vitória do SINFEMP junto ao TJ/PB. A decisão da desembargadora foi comemorada de forma entusiasmada pelo comando de greve do sindicato que marcou para a próxima segunda-feira, dia 07, às 09h00, na Associação Comercial e Industrial de Patos (ACIAP), uma assembleia geral para decidir o fim ou não da greve que já dura 28 dias.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com


 

Comentários