Criança suspeita de contrair gripe H1N1 vem a óbito no Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos

A pequena Isadora Alves Leite, de apenas 5 anos, residente em São José de Piranhas, região metropolitana de Sousa (PB), veio a óbito no final da tarde desta segunda-feira, dia 09, no Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos.

A criança foi transferida da cidade de Sousa para Patos após apresentar um quadro grave de gripe. Isadora Alves estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde a vinda para o Hospital Infantil. Pela suspeita de ter contraído a gripe H1N1, a pequena estava recebendo todo o tratamento para a doença, inclusive com o medicamento Tamiflu.

De acordo com informações, a paciente chegou a ter cinco paradas cardíacas antes de vir a óbito. A criança não tinha histórico de outras doenças e era considerada sadia, porém, a gripe forte logo deixou Isadora muito debilitada de forma rápida.

Relatos dão conta que o Hospital Infantil tomou todas as medidas para evitar proliferação da doença e abriu procedimentos para investigar se, de fato, a criança foi acometida pela gripe H1N1.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

Comentários